TENNESSEE, EUA (AN) — Um imigrante sudanês matou uma mulher e feriu cinco pessoas ontem de manhã na congregação de Burnette Chapel, na região metropolitana de Nashville, na cidade de Antioch. O ataque ocorreu no final da reunião dominical. Ao chegar ao prédio da congregação, Emanuel Kidega Samson matou uma mulher no estacionamento antes de entrar. Usando uma máscara, ele entrou e começou a atirar.

O irmão Caleb Engle, servindo como porteiro, de 22 anos, o enfrentou e foi ferido pelo atacante. Caleb foi até o seu carro, pegou sua própria arma, que portava legalmente, e voltou a enfrentar Emanuel. A polícia dá crédito a Caleb por ter parado o ataque e mantido o Emanuel preso até a chegada das autoridades.

Emanuel se feriu com sua arma, foi socorrido num hospital da região e está preso pela polícia.

Com exceção de uma pessoa, todos os feridos tinha mais de 60 anos. O pregador e sua esposa estavam entre os feridos.

Não há ainda notícia sobre motivo. O homem de 25 anos era imigrante do Sudão. Emanuel estava nos EUA faz 20 anos.

Nossos irmãos na região de Nashville têm trabalhado com um grupo de imigrantes do Sudão, com várias conversões. Emanuel tinha participado há alguns anos em reuniões da igreja e um relatório não confirmado afirmou que ele tinha uma sobrinha na congregação. Há relatório também que ele tinha sido membro da congregação.

Um morador perto do prédio da igreja comentou como a congregação acolhia todas as pessoas de todas as raças e que os irmãos eram pessoas amorosas.

Que Deus guarde seu povo e nos motive todos a ser corajosos e destemidos em fazer a vontade dele.