Sempre Jesus

Ministérios

12 sugestões para pregadores jovens

Um amigo pediu a um grupo de irmãos sugestões para incentivar um rapaz que havia pouco tempo começado a pregar em tempo integral. Dei-lhe as minhas sugestões sem demorar muito na resposta. Veja se faltou algo. Acrescente suas também.

  1. Guarde com unhas e dentes a sua vida com Deus. Não deixe que nenhum trabalho interfira no seu relacionamento com o Senhor. Faça com que seu tempo com ele, na oração, leitura bíblica e meditação, seja prioridade. “Mas Jesus retirava-se para lugares solitários, e orava” Lc 5.16.
  2. Defina sua missão, estabeleça objetivos e persiga-os incansavelmente. Faça do evangelismo seu trabalho principal. “Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério” 2Tm 4.15.
  3. Se a Palavra o afirma, insista. Se não, não importa. Jesus disse: “Pois não falei por mim mesmo, mas o Pai que me enviou me ordenou o que dizer e o que falar. Sei que o seu mandamento é a vida eterna. Portanto, o que eu digo é exatamente o que o Pai me mandou dizer” Jo 12.49-50.
  4. Abra mão de toda a ambição de poder e liderança. Sua autoridade está na Palavra; sua influência, no seu ensinamento e vida; sua capacidade de motivar outros, pelo amor e sacrifício. “Afinal de contas, quem é Apolo? Quem é Paulo? Apenas servos por meio dos quais vocês vieram a crer, conforme o ministério que o Senhor atribuiu a cada um” 1Co 3.5.
  5. Estabeleça sua agenda e a siga. Mantenha um ritmo. Não seja preguiçoso, mas também não se desgaste antes do tempo. Tome tempo para descansar. Encontre sua força na renovação. A chave é o equilíbrio. “Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio” 2Tm 1.7.
  6. Esqueça de resultados imediatos. Torne-se seu alvo ser fiel, não um sucesso. “O que se requer destes encarregados é que sejam fiéis” 1Co 4.2.
  7. Seja grato a todo momento. O ressentimento matará não somente seu trabalho, mas sua vida em Deus.

    “Que a paz de Cristo seja o juiz em seu coração, visto que vocês foram chamados para viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos. Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seu coração. Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai” Cl 3.15-17.

  8. Conheça a Bíblia. Estude-a, aprofunde-se nela, decore-a, medite nela, maneje-a corretamente. “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade” 2Tm 2.15.
  9. Agrade a Deus e não as pessoas. Deve ser agradável, mas não ensinar visando a aprovação humana. “Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo” Gl 1.10.
  10. Prepare as pessoas para a eternidade. Não omita nada que lhes seja proveitoso para a salvação. “Por isso, tudo suporto por causa dos eleitos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus, com glória eterna” 2Tm 2.10.
  11. Faça tudo com amor, 1Co 16.14 — amor por Deus, amor pelas pessoas, amor pela verdade. O amor é o principal, 1Co 13. “O objetivo desta instrução é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência e de uma fé sincera” 1Tm 1.5.
  12. Seja disciplinado. Não faça nem aceite desculpas pela preguiça e pelas faltas. Seja honesto consigo mesmo. Submeta-se completamente ao Senhorio de Jesus. “Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado” 1Co 9.27.

Atualizado em 2020-06-20.

Qual a sua ideia?

%d blogueiros gostam disto: