Após nosso estudo dominical sobre Efésios 3 uma irmã comentou que na versão de Almeida Século 21 não consta a frase: “multiforme sabedoria de Deus”. Substitui-a por “ela”. Não aparece variante no texto grego e todas as outras versões consultadas são unânimes quanto à sua inclusão. Se alguém tiver uma ideia, favor nos comunicar.

Escrevi à Editora Vida Nova, que publica a versão, e perguntei a razão da omissão da frase. Vamos ver se responde. Talvez haja algum motivo bom que desconhecemos, na nossa limitação como leigos no assunto.

Agora que muitos brasileiros estão deixando orkut and migrando para o Facebook, as congregações no Vale do Paraíba agora têm uma página própria. Dê uma olhada e um clique para gostar. Como o site mais transitado do mundo, Facebook é uma excelente opção para divulgação dos trabalhos.

O site da meditação de Deus Conosco foi totalmente refeito. Dê uma olhada e nos diga o que achou das mudanças e, esperamos, melhorias.

Estamos conversando com dois grupos de irmãos para a retomada da revista Edificação. As conversas estão caminhando para que haja dois centros de distribuição da revista, inclusive para assinaturas, em Recife, para o nordeste e norte, e Jundiaí (SP), para o resto do Brasil. Aguarde detalhes.

A celebração dos 50 anos da chegada da equipe missionária a São Paulo será tema do Encontro Nacional de Obreiros Cristãos no fim de semana da Páscoa. Enquanto no evento espera-se ouvir mais as honrarias e elogios, como não podia deixar de acontecer, é propício também abrir diálogos quanto a uma avaliação crítica dos positivos e negativos daquelas práticas que herdamos deles.

Obviamente, não estamos falando de questões doutrinárias ou morais. Pregamos o mesmo evangelho que pregavam eles que chegaram em 1961. É lamentável que alguns abandonaram o ensino bíblico que ouviram deles e de outros que vieram depois. A doutrina não muda nunca e não pode mudar.

Ao mesmo tempo, os métodos e meios são determinados pelas necessidades do momento, pelas opções disponíveis, pelas pessoas envolvidas e seus dons e limitações. Se eu estivesse no tempo deles, duvido muito que eu tivesse feito obra tão boa com fizeram os americanos de 1961. Agora que estamos em 2011, porém, convém analisar o que nós estamos fazendo e se estamos indo bem, em nossa mistura de tradições quinquagésimas e procedimentos adotados mais recentemente.