Na história da restauração de Pedro (João 21.15-23), após a ressurreição de Jesus, encontramos:

  1. Perdão à altura do pecado. Pedro negou o Senhor três vezes; o Senhor lhe deu três oportunidades de afirmar seu amor por ele, como sinal do seu perdão e restauração ao serviço. Quando há arrependimento, não há pecado imperdoável.
  2. Missão à altura do Mestre. Jesus veio para buscar e salvar o perdido. Ele encarrega Pedro de olhar o rebanho de Deus. Com o retorno, haja trabalho.
  3. Desafio à altura da desigualidade. João teria uma experiência no seu serviço a Jesus, Pedro, outra. Cada um deve enfrentar os desafios que tem pela frente, sem se preocupar com seu irmão.