Um pregador do evangelho no México, Juan Martinez, recebeu ameaças de morte do gangue Los Zetas, para forçá-lo a pagar dinheiro. As ameaças envolveram ele e sua família.

Michael Brooke, pregador da congregação Nederland, no Texas (EUA), disse que Juan não tinha intenção de pagar o valor exigido, de 50 mil pesos, até ouvir notícia de uma esposa de um outro pregador morta pelo grupo.

Ele está tentando agora juntar os fundos para proteger a família.

Juan recebe dos EUA literatura para distribuir entre as congregações da sua área, escreveu Michael.

Muitos irmãos estão pedindo orações pela segurança de Juan e sua família.

Não foi revelada a cidade onde mora a família.