Nota: este esboço tem sido reproduzido largamente na Internet. Vi que, de alguma forma, escapou do meu site.

Introdução

A. Há quatro palavras, ou frases, que precisamos falar todos os dias para os nossos cônjuges.
B. Se não falamos em voz alta, precisamos pelo menos falar em nosso coração.
C. Estas palavras curam muitos dos males que prejudicam o casamento.
D. Ao falar estas palavras, a correspondente atitude tem que acompanhar. Se forem apenas palavras, nada adiantariam. E diga você estas palavras:

1. “EU TE PERDÔO”.

A. Mt 6.12; 18. 21-22; 2Co 2.10; Ef 4.32
B. Estas palavras (e atitude) curam o ressentimento e amargura.
C. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Em que eu tenho ofendido ou defraudado? Pelo que eu sinto mal para com meu cônjuge?”

2. “EU TE ELOGIO”.

A. Pr 31.28-31; 1Pe 3.7
B. Estas palavras curam a crítica e a acusação.
C. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “O que meu cônjuge fez de bem hoje?”

3. “EU TE SIRVO”.

A. Gl 5.13
B. Estas palavras curam o egoísmo e a omissão.
C. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Como eu posso ajudar meu cônjuge hoje?”

4. “EU TE AMO”.

A. Gl 5.14; 2Co 4.5
B. Estas palavras curam a negligência.
C. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias:
“Como eu posso mostrar hoje o meu amor pelo meu cônjuge?”

CONCLUSÃO

A. Se você falar todos os dias estas palavras para seu cônjuge, você terá um relacionamento conjugal que deixará os outros boquiabertos.
B. Deus quer que vocês vivam bem no casamento; quer também que você viva bem com ele. Faça a vontade de Deus em todas as áreas da sua vida.