Usei a seguinte lição para um grupo de estudo, tipo bate-papo, mas poderia ser adaptada também para um esboço de sermão. Devo a Wayne Barrier, “The Church: Measures of Greatness” (Voice of Truth International, vol. 50, págs. 44-45), a idéia inicial. A vantagem que o estudo apresenta para os ouvintes ou participantes do grupo está nas referências se localizarem todas no mesmo livro bíblico.

Temos o costume de enumerar os “Dez Maiores”, sejam canções populares, sejam jogadores de futebol.

Na antiguidade, alguém fez uma lista das sete maravilhas do mundo.

No evangelho de Mateus, temos algumas das maravilhas, ou grandezas, do evangelho de Jesus Cristo.

  1. As maiores pessoas — as humildes (Mateus 18.1-4);
  2. As maiores posições — de serviço (Mateus 20.20-28);
  3. Os maiores princípios — amor a Deus e ao próximo (Mateus 22.34-40);
  4. A maior potestade — Jesus de toda autoridade (Mateus 28.18-20);
  5. O maior povo — a igreja única e forte (Mateus 16.18).

Conclusão: De uma hora para outra, mudam a lista dos Dez Mais, dos mais importantes ou mais populares. Quem fica com as grandezas ou maravilhas do evangelho as terá para sempre.